Portugal – Sintra

Este artigo está na(s) categoria(s) Uma noiva no blog!.

Fácil de chegar de trem também (p.s.: lá eles chamam de comboio), mas eu aconselho ir de carro ou encarar uma boa pernada em tudo.

A primeira parada foi a Quinta da Regaleira. Uma casa de verão usada antigamente, com um lindo palácio, e 2 poços (um imperfeito) aonde você conseguia andar por ele e por baixo da terra! (coisa de amantes né hahahaha)

De lá almoçamos (confesso que não achei boas opções, muitos turistas…) e decidimos comprar um bilhete para aqueles ônibus que te pegam e te deixam em alguns pontos turísticos e você pode entrar e sair deles quando preferir. Ajudou MUITO. Mas, ficamos beeeem cansados ainda assim.

Minha recordação de Sintra é : dor muscular hahahaaha e MUITO palácio lindo, muralha alta, e clima bem conversado de toda essa beleza.

Creio que é bem de turista minha impressão , ficando com mais calma na cidade, mais afastada e aproveitando o tempo, a magia ia ser outro e muito mais profunda.

E ainda assim falo: com certeza vale a visita nesta cidade linda!