Mochilão – Chile (San Pedro de Atacama)

Este artigo está na(s) categoria(s) Uma noiva no blog!.

A van que nos pega dirige cerca de 47km até a fronteira do Chile, store que é em San Pedro de Atacama. Chegando lá ela para, viagra order todos descem, sickness pegam suas malas, e carimbam a entrada no país. Eles verificam por cima as malas e te liberam. Você preenche outra ficha e entrega ao fiscal, e volta para a van.

p.s: chegando perto do Chile tem as plaquinhas para seguir para Chile ou Argentina, nisso já é estrada de asfalto, com sinalização, placa de velocidade, outros carros, enfim, vida, civilização hahahaha, a gente quase pirou! Parecia que nunca tinha visto!

Ai a van vai para na agência dela (no caso da minha era a Colque Tours, quem negocia é a agência da Bolívia que você fecha o passeio do Uyuni) ou se seu hostel for no caminho te deixa lá. O hostel que as brasileiras estavam ficava antes do nosso, combinamos de jantarmos juntos, trocamos whatsapp e pronto. Pegamos nossas mochilas e fomos andando pela cidade para achar nosso hostel. A cidade é pequena, não tem táxi, e é fácil de andar. Além de ser toda bonitinha e pronta exclusivamente para turismo.

Parece outro mundo sair da Bolívia e entrar no Chile. Tudo mais fácil, mais produzido, mais ajustado. Não digo melhor, porque curti muito Uyuni, e acho que é até mais bonito. Mas, ele é mais punk, sabe? E o Chile parece: brincar de deserto rs.

Achamos fácil o hostel. Ficamos no Chilòe. Excelente! Inclusive almoçamos e jantamos várias vezes lá, além de fechar o pacote dos nossos passeios por lá mesmo (eles indicam a North). Comodidade. A gente chegou parecendo uns bichos do mato hahahaha, fizemos o check in e não sabíamos o que mais gostávamos: chuveiro, água quente, banheiro, cama sem ser de sal, quarto,…..ah……

Me deu uma coceira na perna, acho que por tudo (banho, 2 calças, areia dentro dela, etc) , fez até feridinhas. Nada trágico, apenas comentando. Ai também descobri que: neve queima igual sol. SIM!

Estava vermelha, ardendo e desesperada porque tinha marca do óculos hahahhahaa. Mas, ela sai mais rápido também, no dia seguinte estava melhor.

Almoçamos no hostel e fomos andar pela cidade, para pesquisar preço dos passeios, antes de fechar no hostel. A cidade é uma graça mesmo. Tem muitos dogs na rua 🙂 e eles são bonzinhos e adoram carinho.

No nosso quarto tinha uma varandinha, a noite as brasileiras foram lá e petiscamos, bebemos e conversamos! Que delícia. Dormimos muito bem e no dia seguinte já tinha os passeios programados.

thumb_IMG_3889_1024 thumb_IMG_3890_1024 thumb_IMG_3891_1024 thumb_IMG_3892_1024