Londres (4)

Este artigo está na(s) categoria(s) Uma noiva no blog!.

Estão animados? Hoje é dia de castelo!

Acordamos cedo e fomos para a estação comprar o ingresso de Windsor e a passagem do trem. Começou um pequeno rolo ai, sale o Rafa tinha visto que tudo estava por 15 pounds, mas não estava..e até tudo se explicar, o moço foi bem estúpido..mas…deu certo.

A plataforma do trem só seria exibida 10 minutos antes dele sair. Ai ficamos olhando aqueles painéis que não paravam de se atualizar e…corremos para a plataforma.

A viagem durou 1 hora. E é bem bacana a vista.

O café da manhã foi perto do hotel, antes de entrar no metro..e não foi dos melhores..comida meio indiana, meio inglesa…(tivemos que economizar depois da conta no Jamie Oliver)…não caiu muito bem, mas sustentou. Foi no Miss Ellies, quem nos atendeu foi uma portuguesa e uma brasileira de Recife 🙂 – a gente fala com todo mundo mesmo! Hahahahaha

Chegando em Windsor, uma cidade rs, é fácil chegar ao castelo. Tem placas e ele é bem visível rs.

Nos localizamos quanto a guia, audio guia e começamos a explorar o castelo… que é um sonho..mesmo..demais… Muita história, fortaleza, realeza, muito ouro, muito protoloco, muito respeito, muitos quartos….é ao mesmo tempo que surreal, real, pois ainda é um castelo que a rainha usa de final de semana. (não pode visitar a ala que ela usa, mas ainda assim é chocante para esta cabeça plebéia rs).

Dentro do castelo tem a igreja de St. George, e lá são coroados os cavaleiros da ordem da Jarreteira. Quem tem esse título é uma pessoa de grande confiança da rainha. Não precisa necessariamente ser um cavaleiro. É um título. No máximo se tem 24. Eles tem brasão, bandeira e um chapéu. Quando morrem retiram tudo e deixam vago, na capela. Ficamos uma meia hora conversando com a moça que entendia muito sobre condecorações e títulos…incrível!

Ela falou das missas e corais que tem sempre, é uma igreja aberta a visitação.

Na saída, estava tendo uma mini troca de guarda (com soldados mais jovens), e eu achei que era encenação, porque eles gritavam rs. Deus me segurou hahahaha, porque quase eu fui até lá falar com eles…e pelo jeito, passariam em cima de mim! Hahahahaha

Ficamos o dia todos lá, saimos quase no final do dia para almoçar (um restaurante perto do castelo, o Thai Terrace, self service chines à vontade e barato..era o que precisávamos rs) e já ir embora. Pegamos o trem das 19h se não me engano. Na verdade chegamos 18h28, e sairia um trem 18h30, e não nos esperaram (até se fizeram de surdo quando chamamos) para entrar….pontualidade inglesa…

Dormi e acordei com uma inglesa falando mal de alguém do trabalho que não sabia falar bem inglês….Tava bem cansada, eu e o Rafa felizes e derrubados rs.

Na estação perto do hotel tomei um café,  e compramos Mc…apesar de já ter passado a tradição rs, era uma boa opção para economizar e fomos dormir…descansar. Esse dia pedimos bandeira branca às 21h.

IMG_1239 IMG_1241IMG_1247IMG_1248IMG_1246IMG_1240IMG_1245IMG_1243IMG_1242 IMG_1244IMG_1250IMG_1251IMG_1252IMG_1253IMG_1254IMG_1255IMG_1256IMG_1257IMG_1258IMG_1261IMG_1262IMG_1267IMG_4174IMG_4175IMG_4177IMG_4169IMG_4171IMG_4187IMG_1269IMG_4185IMG_4191IMG_4192IMG_4196IMG_4200IMG_4197IMG_4201IMG_4206