Análise de Menu – Empratado

Este artigo está na(s) categoria(s) Mirandella.

Ele entra na categoria almoço/jantar, porém é um estilo mais sofisticado (e engessado). Ele saiu um pouco de circulação, mas tem ainda noivas muito fãs dele que não abre mão 🙂

Engessado por quê? Porque é necessário o convidado ficar sentado enquanto se serve, pois pedir algo fora do que se está servindo levam-se alguns minutos para atender o pedido. E como é bacana ter variedade: entrada, salada, 2 a 3 pratos principais – o convidado fica em média de 1h30 a 2h degustando com calma, até a sobremesa.

Ele é como o Finger Food, não tem como ser muito barato – para se fazer algo decente. Pois, tem que ter pratos bons, suculentos e bonitos, servidos na hora. Com isso aumenta-se o material e mão de obra interna e externa.

Não é necessário que sejam itens nobres – é ideal, mas pode-se se fazer empratado até com Maminha (uma novidade que tem saido aqui!), pois os clientes que não podem pagar menus acima de R$200, conseguem ajustar algo e fica um charme também!

Não se iluda que vai ser ‘baratinho’, porém pode ajustar aqui e ali e ficar menos mas, ainda charmoso.

fonte: bloochef