Análise de Menu – Almoço/Jantar

Este artigo está na(s) categoria(s) Mirandella.

Vamos falar desse estilo quando servido em ilhas, o Franco-Americano (self-service), ok?

São menus parecidos e podem ser o mesmo, porém se for mais a fundo e perguntar como se dividiriam, eu deixaria as Aves para o Almoço, e a Carne Vermelha para o Jantar. E a Massa para o Almoço e o Peixe para o Jantar. Se fossem 3 opções no Jantar: A Massa seria a terceira, e no Almoço a Carne Vermelha.

Parece confuso, mas é bem prático, e além disso eu sou a favor de escolher o que:

  • tem preferência
  • seus convidados gostam

Aqui no buffet todos nossos menus tem coquete antes, acho extremamente importante – um cuidado com o convidado enquanto estão chegando, e aguardando o prato principal.

Então normalmente 1h a 1h30 antes do jantar/almoço recebemos os convidados com canapés leves, alegres, alguns clientes incluem itens de finger food na brincadeira – ex: micro escondidinho, micro polentinha cremosa com ragu, micro caldinho, micro souflé, etc… As bebidas, drinks e tudo funciona normalmente. É um momento crucial para um bom evento.

Perto de abri o buffet, se o cliente optou por servir a Salada volante, passamos ela na Tacinha, e em seguida já se abre o ponto – o que não exclue de ter mais tipos de saladas, no ponto de comida.

Ex: passar a de folhas e ter Terrines, Tabule, Couscous, Legumes, etc para se servirem.

E ao lado já se começam as opções quentes, como os pratos principais e acompanhamentos (diversidade imeeeeensa – como legumes quentes, purês, aligots, risotos, gratinados, panachês, caldos, feijões).

SEMPRE ter alguém servindo é ideal, para o convidado saber o que tem no rechaud e também não se sujar, ou bagunçar o rechaud – tudo mais prático, inclusive para a reposição (que TEM que ser rápida, antes de finalizar, já tem que ter um novo).

É assim que trabalhamos, creio que seja o padrão do mercado, pois é o mínimo para um bom evento.

Deixamos a mesa até perto de servir a sobremesa, e retiramos para não ficar ociosa. E logo já abrimos a mesa do café (nos demais menus também), pois muitos convidados que não ficam atééé o final querem sair quentinhos <3

Menu TRADICIONALISSIMO, normalmente sem erros.

Ele pode variar MUITO de valor. Já vi empresas que deixam tão básico e barato, que só tem salgado antes da refeição principal. E montam uma mesa de salada IMENSAAAA, (mas não rica em variedade, apenas tudo espalhado, ex: Salada Verde com Frutas e Tomate, Cenoura e Queijo – uma travessa para cada coisa, e com alface embaixo para dar volume).

Acho bonita essas mesas, mas acho que engana na verdade, pois quando vai verificar o prato principal é um item só. Preferimos deixar Saladas únicas, com variedades de saladas e não de itens apenas, e sem enfraquecer o prato principal – que acredito que é bacana ter no mínimo 2 tipos.

Um do nosso menus que mais saem é de Almoço/Jantar e da linha básica: 2 tipos de saladas/2 acompanhamentos/2 pratos principais (além de canapés e salgados).

E temos nosso menu Premium que ele tem 3 acompanhamentos/4 saladas/3 pratos principais. Nossa- mas, varia pouco – SIM, porém tem cortes nobres e itens premium.

Tudo varia quando se analisa um menu. PRINCIPALMENTE se é um cheff profissional que faz, para não ter atrasos e faltas no dia.

Nem preciso dizer o cuidado que temos com louças, bandejas, talheres e copos né?

FUNDAMENTAL em todo menu.

Foi a MINHA escolha quando casei – almoço. E tem sido de muitas noivas 🙂 Ele é bem aconchegante e como necessita de lugares para todos, fica um ritmo muito caseiro, e gostoso! Mesmo com a pista e balada, fica uma delícia a festa, divide bem e não deixa ninguém de fora. Menu coringa eu diria!

fonte: morielifestas