Viagem – Argentina

Este artigo está na(s) categoria(s) Dicas.

Estava pensando na viagem que fiz ano passado, viagra sale e me deu uma saudade! Vontade de voltar (ainda mais vendo muita gente nesse feriado, indo para lá!), e de fazer mais passeios (faltaram alguns, mesmo eu indo duas vezes!). Nunca achei que gostaria da Argentina, mas é um país que me encantou, acho que mais pela receptividade das pessoas. Ou talvez por ser o primeiro que visitei fora do Brasil, mas enfim..lembrei que não falei nada aqui, nadica rs. Um desperdício né?

E as fotos ficaram tão legais. A segunda vez que fui, além de ir com meu noivo (na época namorado), fomos com mais experiência claro (eu e minhas irmãs), e montamos um roteiro com calma, estudando tudo o que queríamos ver, levando mais dinheiro (o real é muito valorizado lá!, mas quando a inflação tá alta, não tem como fugir né…os preços sobem) e indo com muita cara e coragem.

Eu sei que é básico tudo isso, mas às vezes na empolgação esquecemos de parar, pensar, planejar. Na primeira vez foi apenas eu e minhas irmãs, e não fomos no Tango! Não li muito sobre o país, e não explorei tudo o que queria/podia.

Já na segunda vez…foi perfeito! E ainda assim deixei o Zoo Lujan de fora 🙁 que ficará para uma próxima com certeza!

Compramos de supetão a viagem nesses sites de compras coletivas sabe? No Click On. A agência que cuidou da viagem foi  a Time Brazil. Atenciosos. No começo um pouco ausentes, mas logo ajustamos a comunicação. Hoje, consigo ir sem agência, sem problemas (inclusive estou programando minha lua de mel assim).

Fiquei com receio claro, mas oramos e fomos com muita confiança e deu tudo certo. Foram 4 dias lá. Diria que para conhecer mais ficaria até 7, com calma.

Chegamos de manhã e logo fomos nos localizar no bairro. O hotel era bem perto do Obelisco e da estação do metrô Lima da linha azul clara e Avenida de Mayo da linha azul escura (não é o melhor metro do mundo, ou o mais bonito, mas funciona! e muito!), eles chamam de Subte. Estava em reforma, causou leve no trânsito, mas não nível SP rs.

Ficamos no Hotel Mundial, mediano, duas estrelas, mas MUITO bom dentro do que cobra x oferece. Fomos muito bem tratados, tinham ótimos convênios com agências de viagem, funcionários muito simpáticos, solícitos e educados. MUITO limpos, organizados, horários cumpridos, roupas de cama trocadas sempre, tudo limpinho. Apesar de não ser luxuoso, foi perfeito para uma viagem low cost. Da outra vez que fui fiquei no Aspen Suite, 3 estrelas, mas mesmo padrão (mudava a estrutura do prédio, mais moderna, mas nada fora do comum).

No hotel nos indicaram um ônibus que levava os turistas de graça para um shopping, perto da Recoleta. E lá fomos nós! Essa é a principal dica: veja o que tem ao seu redor, veja ruas, metros, ônibus, táxis,  farmácias, restaurantes..tudo perto e ande em bairros próximos até aonde conseguir. Se localize!

Chegando ao Recoleta Mall andamos nele para conhecer, o Rafael comprou na Adidas (isso é um capítulo à parte, pois ele andou em quase toooooodas as Adidas de Buenos Aires – ele trabalha com ela), e depois fomos ver a Floralis Generalis que eu era LOUCAAA para conhecer. E é linda, linda, linda, linda! Pena que estava quebrada 🙁  e não e fechava mais. Mas, eu parei e fiquei admirando aquele presente, monumento, obra de arte…e me dando conta que a viagem estava começando. Calma, em paz, mas muito marcante!

Rolamos na grama hahahaha, curtimos o parque, lemos alguns folhetos, tiramos fotos, comemos, conversamos…foi uma tarde muito gostosa!

No meio do caminho, antes de chegar ao parque, passamos rapidamente pelo Malba, um museu muito conhecido de arte moderna. (como não sou fã de arte abstrata, não fiz o passeio completo). Vale a passagem, visita e a pausa 🙂

Depois conto mais…a viagem foi…sensacional!

IMG_0638 IMG_0643 IMG_0644 IMG_0646

IMG_0921 IMG_0923IMG_0931 IMG_0647 IMG_0650

003 008 019 025 032

IMG_0659 045

IMG_0670 IMG_0674 IMG_0944