Sacadas #6

Este artigo está na(s) categoria(s) Dicas.

pediram para você tirar boas notas, sick você tirou. parece muito? ou pouco?

parece o que é. você fez o esperado. mas, diferente de ser na média é fazer além. é tirar boas notas e estar no grupo que dá aulas sobre a matéria.

A Bel na faculdade poderia escolher uma média de 4 matérias por semestre, é o que todos fazem lá. E aos poucos ela viu que poderia escolher mais, estudar mais, aproveitar mais e ser diferente. E foi colocando semestre a semestre uma, duas, e mais e mais matérias. Até que ela estava estudando 12 matérias por semestre! (Nos USA você pode escolher o quê estudar). E foram esses semestres que ela foi melhor! Se estivesse como todos não teria conseguido se formar em tantos cursos (marketing, engenharia, matemática, administração,..).

_6_

  • você pode fazer mais do que o esperado
  • as médias podem te limitar
  • cuidado ao fazer a mesma coisa que todo mundo faz

Para o casamento: pense em programas diferentes do que fazem, para não cair na rotina. não somente sair para jantar, ou se for o inverso ficar em casa. mas algo diferente da média mesmo: um curso juntos, um dia de pintura, um projeto junto – escrever um livro – saia do comodismo.

Para a vida: você acorda, trabalha, volta, malha e dorme. está feliz e sem dívidas. tudo perfeito. que tal sair da média e fazer uma ação social? que tal fazer um projeto pessoal e colocar metas (ex: maratona de são silvestre), ou até mudar a ordem da rotina – malhar de manhã, aumentar a eficiência no trabalho. saia do comodismo. não espere que o certo que esteja fazendo, dure a vida toda, esteja sempre preparado.

Para a festa: tópico particular, mas para as mais ousadas ou que querem fazer diferente (estilo, menu, horário, lista,…) não tenham medo. a média nem sempre é sua cara. e até para as tradicionais: cuidado ao seguir a linha de algo que não gosta, siga a linha do que prefere – neste caso os horizontes ampliados será sua satisfação em curtir sua festa!

Quando Jesus transformou água em vinho, quem provou o vinho ficou encantado com o cuidado que o anfitrião da festa (não era jesus, rs) teve. Pois normalmente o melhor vinho era o primeiro a ser usado, mas que além do primeiro ser bom, esse que estavam servindo agora era melhor ainda!