Diário Mirandella

Este artigo está na(s) categoria(s) Diário Mirandella.

Nos deparamos com muitas pessoas que estão a frente de eventos, que trabalhamos, e já vimos muitas dessas pessoas não terem estrutura alguma para isso.

Esquece detalhes, não revê, nem passa tudo com clareza. Além de deduzir muitas das coisas que um ou outro fornecedor faz, mas nem confirmou com ele.

Muda mapa/planta em cima da hora, aumenta quantidade sem limites, apenas faz, mas não pensa.

Um exemplo claro é quantidade de mesas: levamos material para o número contratado, se você montar mais que o dobro, vai ficar vazio. Ou contrata, bem antes conosco mais material, ou não aumenta. Porque gera também aumento de garçons, para não ficar poucos por mesas. Mesmo que só tenha 1 pessoa na mesa, jamais saberemos ao certo e não pode contar com ‘ e se ‘.

Nós temos um ritmo e alinhamento perfeito com garçons/cozinha/maitre e mesmo que nos primeiros minutos (corridos, sempre), precise cobrar mais algo, jamais nos alteramos (não tem porquê). E infelizmente já vimos, essas pessoas, querendo mostrar autoridade no grito.

Isso, se depender do nosso profissionalismo, não acaba com seu evento. Mas, vai aos poucos acabando com a vontade de estar em eventos com essas pessoas.

Seu evento é uma pérola. Cuidado. Anos de experiência, nem sempre quer dizer anos de competência.