Férias!

Este post está nas seções Mirandella, Uma noiva no blog!

Normalmente deixo os posts programados, mas vou deixar o blog quietinho por esses 15 dias 🙂 e depois voltamos com os eventos que rolaram durante as minhas férias!

A empresa continua normal – apenas eu, Samille, estarei OFF até dia 08/09. Mas, dia 11 já voltam os posts!

O que precisarem, muitos já conhecem a Grazi 🙂 ela estará sempre com o whatsapp e email do buffet.

E CLARROOOO quando voltar conto tudo da viagem, como sempre conto, para as noivas que amam viajar como eu, ou para alguma que quer dica para lua de mel.

Esse ano já comentei que é Portugal (falei das passagens já etc), e é muito especial para mim pois, é a base da empresa. Além de descanso vai ser uma imersão em cada menu que já fizemos, em cada referência que já usamos e que ainda queremos usar.

Não sei se terei internet, mas quem quiser pode me seguir no IG (@samilleromano) que sempre posto nos stories (mas, estarei em casa de família, com isso não sei como é a conexão).

Excelente evento e casamentos a todos que comemrarão neste período! 

Até breve!

Leonardo – menu

Este post está nas seções Clientes, Mirandella

Apesar de ser KIDS muitas mamães escolhem almoço quando não se tem muitas crianças 🙂 e foi o que a Gi fez, deixou uma tarde beeeem saborosa em um domingo especial!

Leonardo – Dinossauro

Este post está nas seções Clientes, Infantil, Mirandella

A Gisele foi nossa noiva em 2013 🙂 e esse ano ela comemorou 1 ano do filhinho dela!

Uma lindeza e uma doçura como o casal é! A decor ficou lindaaaaa – ela locou as peças e colocou a mão na massa. Mamães se tornam ótimas decoradoras hehe

Chuá – Hamburgada!

Este post está nas seções Clientes, Mirandella

Conhecem o Canal Chuá?

É um canal super bacana que fala de basquete de uma forma engraçada, leve e fácil de acompanhar 🙂

Eles fizeram 3 anos de história, correr atrás de um nicho que não é muito valorizado no Brasil e de muito empenho e amor pelo que fazem. Três de muitos anos! Que venha NBA 2018 \o/

Com isso fizeram um jogo tipo All Star ;P – em breve vídeos no canal dele (se inscreve rs) e depois uma Hamburgada TOP porque é a cara deles e do basquete!

Essa festa é nova e IDEAL para um evento quase Delivery – prático, descolada e suuuuuper saborosa!

Ficou interessado? Pede um orçamento para nós! contato@mirandella.com.br

 

Estilo Industrial

Este post está nas seções Dicas, Sem categoria, Vídeos

Faz uns….7 anos que o rústico está em alta. Ele é o queridinho de muitas noivas. Pallets, mesas de madeira de demolição, garrafinhas com rendinha, porta retratos com formas barroca, tons pastel…calmaria e delicadeza definem esse estilo.

E recentemente vi um vídeo super bacana do Lápis de Noiva (sempre comentamos delas por aqui!) comentando dessa tendência que reparei se instalando aos poucos nos eventos.

Ela tem muito do rústico no meio dela: folhagens (o Greenery esse ano veio para selar esse estilo novo!), varal de luzinhas, madeira,… mas no meio você vê vasos de cobre, cadeiras de metal, algumas mesas com estrutura de ferro, tons mais escuros e aquela parede maravilhosa de tijolinho dividindo estilos!

Pronto…tem o industrial 🙂 veja o vídeo e se encante também!

Dia dos Pais!

Este post está nas seções Mirandella

ao eterno herói, quando se é verdadeiramente pai: obrigada a todos os homens que criaram filhos educados, filhas independentes, apoiaram esposas em suas carreiras e deram exemplos e deixaram marcas de amor!

Vocês são eternos heróis! 

Filhotinho – Educação Higiênica

Este post está nas seções Uma noiva no blog!

Confesso que eu mesmo não tive sucesso nas tentativas 🙁

Meu marido diz que é falta de paciência. Então, primeiro de tudo – paciência extra de 1 mês de Xixi errado se for preciso (ou mais!)

Vamos lá:

Ela chegou em casa toda tímida (cachorro adotado vem com traumas – é normal, saiba entender, tem uns que somem, outros que apenas amenizam), cheirou a casa, quis morder umas coisas e eu já estava com muitos brinquedos para ela (ursinho que faz barulho, ursinho que não faz barulho, bolinha, uma cenoura de plástico bem duro para roer, …), um dos primeiros ensinamentos foi esse: pode morder aqui, mas aqui não.

Mordia certo? Dava um petisquinho. Mordia errado? Às vezes ignorava, às vezes falava não e já colocava o brinquedo certo na boca dela.

Um dos meus erros foi pensar que mostrando isso, ela já saberia o que pode e não pode. Mas, não, além de estímulos, tem que ter MUITA repetição…..#paciência

Ela fez xixi errado a primeira vez (óbvio rs), ai limpei o xixi com a fralda higiênica e mostrei para ela que o certo era lá.

Ai começou a luta HAHAHHAAHA. Vi MUITOS vídeos para tentar aprender como fazer esses estímulos.

p.s.: eu trabalhava home office quando dava, para fazer a educação dela, consegui me organizar assim para ser mais rápido o aprendizado. 

Eu vi em um vídeo do Dr Alexandre Rossi que você dar bastante água e brincar com o animalzinho vai estimular mais rápido o xixi (até porque filhotes fazem mais que adultos). E lá ia eu, vigiar a cachorra quando ela começava a cheirar – sabia que estava buscando um local.

Ai chamava ela e falava: Faz aqui, faz Xixi aqui.

Ela cheirava e fazia em outro lugar.

HAHHAHAHA COMO EU FICAVA BRAVA! Por que?? Teve vez de eu me trancar com ela por 1h inteira na varanda, que era aonde a fralda higiênica estava, e ela SEGURAR O XIXI hahahahhaha. E ai quando eu abria a varanda, ela fazia na sala!!!

Eu não entendia. E não tem muita explicação, pode ser: medo de fazer na sua frente, vergonha (mas, não como a nossa, vergonha de querer se concentrar mesmo), falta de costume, birra, não querer fazer naquele local,….

Enfim, esse foi meu pesadelo – sem necessidade. Outras vezes espirrava água ou fazia barulho com um tipo de chocalho para assustar ela. Tudo isso li, e confesso que esses últimos são péssimos!

Tanto que esse stress que gerou nela, além de atrasar o aprendizado, deixou ela ressecada – e tive que tratar!

Um final de semana que trabalhei e meu marido não, ele ficou em casa com ela e com todo o amor dele tcharã: conseguiu os primeiros estímulos positivos!

Tínhamos decidido não mais brigar ou dar palmadinhas com ela se fizesse xixi/coco errado. E se nunca aprendesse íamos limpar o resto da vida. Eu decidi adotar, eu tenho que arcar com tudo. Ser adulta e responsável por esse ser irracional.

De qualquer forma, mudamos o local da varanda para um banheiro que não usávamos e comprei uma nova marca de fralda higiênica. 

Nesse dia meu marido disse que ficou o dia todo chamando ela para a fralda, falando a palavra xixi/xixizinho e coco/cocozinho e dando petisco para ela dentro do banheiro, e ela em cima da fralda.

Ele fazia ela cheirar constantemente a fralda. Sem stress, sem brigas. Acho que ela errou um xixi, e acertou os demais. Começou a entender que se fizesse esse tal ‘xixi’ que ouviu, na fralda, tinha comidinha boa, e se esse ‘xixi’ fosse em outro lugar ninguém dava essa comidinha.

Foi beeeeem aos poucos, e confesso que todo o amor que meu marido tem 🙂 Cheguei em casa e não acreditei quando ele contou!

Até agradeci a Deus quando ela fez coco na fralda HAHHAHAHA.

Depois disso, fui fazendo a manutenção desses comandos, com calma e aceitando que se ela fizesse fora poderia ser mil coisas, e eu tinha que aceitar, mesmo ainda educando. E se ela errava, conversava com ela enquanto limpava e relembrava aonde era o certo.

Isso durou 1 mês em média. Hoje ela acerta a maioria. Às vezes faz fora se está muito sujo hehehe (nojentinha), ou se é birra (se acostume…tipo se sair e deixar em casa o animal, se comer algo e não der para ele,…mas isso é normal, eles são irracionais..).

Quem não consegue dar essa atenção full, demora um pouco mais, mas aprende. Tive amiga que tentou por 1 ano (UM ANO!!) e depois o animalzinho por fim cedeu aos estímulos.

  • não tente entender porque eles não fazem mesmo sabendo o certo (são animais rs…)
  • não bata – aprendi que eles não lembram do que fizeram, e normalmente o medo é pelo grito ou palmada, e não de culpa
  • elogie o certo – isso eles guardam hahahaha, o estímulo positivo
  • ignore quando estiver muito brava com eles rs (porque bater com raiva é pior, e como disse…não sabem o que fizeram)

Hoje, minha companhia 🙂 tem muito o que aprender, eu sei, mas já é parte da família <3

Filhotinho – Dog

Este post está nas seções Uma noiva no blog!

Muitos casais logo após passar a correria da festa, lua de mel e primeiros meses/anos de casados, decidem (uns com, a maioria sem filhos) adotar um cachorrinho (ou gatinho, ou animalzinho rs…).

Isso aconteceu comigo 🙂 sempre gostei de animais, tive cachorro quando morava com meus pais, eles adotam alguns e criam na chácara deles, então isso é um movimento natural na minha vida – rotina com cães.

Mesmo assim, não adotei de cara pelo custo (ração, vacinas, castração,….), estava me acostumando a nova rotina e curtindo o casamento, e um medo mesmo de criar (de não dar atenção, de não saber ensinar e deixar amigável, etc).

Com quase 3 anos de casada, já tinha visto muitos cachorrinhos pedindo para serem adotados, até que um em especial e eu já decidida a tentar me adaptar chamou nossa atenção e demos esse passo.

  1. Vale eu pontuar que sou contra a compra de animais. jamais compraria, mesmo de ‘canis responsáveis’ , uma fêmea sem validade de reprodução é facilmente descartada ou dada para doação por já ter reproduzido muito. Fora que a compra incentiva mais ainda os canis clandestinos e ai a fêmea além de tudo é descartada, machucada e judiada. Já vi resgate de uma com mandíbula quebrada e as vistas com catarata.
  2. Não escolho raça também para ser por amor (se você escolhe não quer dizer que não é, mas a grande maioria escolhe porque é bonitinho e para tirar foto, depois que enjoa, não quer mais passear, fazer carinho, brincar…), serão no mínimo 10 anos convivendo com esse animalzinho, que seja uma vida alegre que ele tenha, e com isso depende de você, que decidiu cuidar dele

Mesmo com todo esse background rolou MUITO medo. É uma vidinha. Foi uma filhote abandona que adotei, ela deveria ter uns 3 meses acho. Chutamos que é mistura de cocker com poodle.

  • Se quiser adotar e não quiser/achar algum na rua, tem muitas ONGs que fazem feiras, os animais já vem castrados e vacinados, e tem variedade de tamanho, raça e idade 🙂

Corri para pedir ajuda para meus pais e minha irmã mais nova que conhecem bem de rotina de animais, e ainda bem que me ajudaram – nas dicas com o petisco, com o sim e não, com a fralda do xixi, na caminha, roupinha, vacinas,….e um novo universo que quando o cachorro é SEU, você descobre rs.

No começo foi desesperador (ensinando xixi, e para não fazer brincadeira de morder), a gente tende muito a pensar como humano. Mas, a grande sacada e entender que eles apenas captam estímulos, e principalmente positivo.

Vou fazer alguns posts comentando como consegui até agora, educar a minha filhotinha 🙂 Ofélia!

Ela está com uns 5 meses agora, faz pouco tempo, mas é um amor que nasce e cresce, que mesmo tendo cachorros, jamais imaginaria que teria com um animal!

Delivery

Este post está nas seções Mirandella

Estamos com muitos Deliverys! Já pediu? Pode vir buscar aqui no escritório se achar mais fácil!

Bolos e mais bolos, recheados, caseiros…e agora: de rolo! 

Uma delícia e super prático de pedir.

Página 1 de 16612345...102030...Última »